quinta-feira, 8 de abril de 2010

A beleza do silêncio


O silêncio comporta todos os sentimentos do mundo.
É no silêncio que as declarações de amor são ditas
O ar que preenche o espaço entre duas pessoas guarda segredos, é toda uma atmosfera energética que diz que o olhar fixo é pura cumplicidade. E a companhia do outro é a sua própria paz interior, é o silêncio calando todas suas ansiedades, enfim... Eis serena tua alma.
Durante tantos anos eu senti que essa coluna de 'nada' entre nós, pesasse como se eu estivesse sendo soterrada por concreto. E o sofá da sala transformava-se em um corredor enorme sem mobiliário ou crianças correndo;eu era só reflexão e pesava em mim todo o peso dessa distância mal entendida.
As anos voaram e eu já não tenho cachinhos como os seus. Mas você continua sentado do lado direito da sala, me esperando com aquele sorriso, aquele 'sorriso bobo parecido com soluço' e assim, eu continuo sendo aquele menina que você ensinou a andar de bicicleta.
Eu amo seu jeito desconsertado e os seus abraços tímidos...
E hoje ao seu lado, quando reina o silêncio: idolatro-o; Pois é ai que estamos nós dois, entendendo a alma de cada um na paz das nossas respirações calma. Só nos restam os olhares que falam pelos nossos corações.
Te amo Pai.

Obs.O nome dado pra imagem do post foi: "Deus criou o silêncio"

2 comentários:

Mônica Wesley disse...

O silêncio tbm mata. #Reflita

Rodrigo Vilasbôas disse...

As lágrimas que estão escorrendo de mim agora foi porque eu senti cada segundo de detalhe do que você quis dizer.
O silêncio...
Outro dia eu descobri que faço amigos em silêncio... olha essa passagem do pequeno principe (eu sempre trazendo ele entre nós, hasuhsau):

"Tu te sentarás primeiro um pouco longe de mim, assim, na relva. Eu te olharei com o canto do olho e tu não dirás nada. A linguagem é uma fonte de mal-entendidos. Mas, cada dia, te sentarás mais perto..."

Pais...
Me vi com meu pai e com minha mae lendo tudo isso.
Eu falo tão pouco... e me custou tanto falar coisas que eles semrpe souberam e guardaram com o amor que sempre esteve lá.
A melhor coisa do mundo é quando a gente descobre que sempre soube de coisas que achava não saber...
Eu entendi ,meus pais no silêncio, entendi o amor no silêncio... Entendi que pra quem é amado e tem amor por alguém o nunca não existe. Não se tem o munca, não se pode saber o que é o nunca. Esses abraços de silêncio tem mais amor de tudo do que se pode imaginar.


Adorei o post (que inclusive deveria ficar menos raros! ahuahs)
Me emocionei de verdade...
Saudade do meu pai.
Vontade de abraçar ele agora.